CLDS 4G Aveiro // O INÍCIO

 CLDS 4G Aveiro // O INÍCIO

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA, 1 DE JUNHO DE 2020

 

O Centro Social Paroquial de Nossa Senhora de Fátima, única entidade beneficiária do Contrato Local de Desenvolvimento Social da 4ª Geração (CLDS 4G), do Concelho de Aveiro, na sequência da deliberação da Comissão Diretiva do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego tendo sido aprovada a candidatura POISE-03-4232-FSE-000335, a 6 de março de 2020, deu início ao CLDS 4G Aveiro, a 1 de junho de 2020.

 

 

 

CLDS 4G Aveiro // O INÍCIO

 

O Centro Social Paroquial de Nossa Senhora de Fátima (CSPNSF), presente na União de Freguesias de Requeixo, Nossa Senhora de Fátima e Nariz, como Entidade Coordenadora Local da Parceria (ECLP), única entidade beneficiária, deu início ontem, a 1 de Junho, ao Contrato Local de Desenvolvimento Social da 4ª Geração no Concelho de Aveiro – CLDS 4G Aveiro.

Figura 1 – Apresentação da equipa técnica

 

A equipa técnica reuniu-se pela primeira vez, no CSPNSF, tendo a mesma sido apresentada junto da Câmara Municipal de Aveiro (CMA), na pessoa da Ex.ma Sra. Maria do Rosário Lopes Carvalho – Vereadora da Ação Social e Obras Particulares, e da Ex.ma Sra. Cláudia Familiar, da Divisão de Ação Social e Saúde da CMA, através de videoconferência, pelas 12h15m.

Figura 2 Apresentação da equipa técnica junto da Câmara Municipal de Aveiro

 

O CLDS 4G Aveiro é um projeto concelhio que pressupõe a implementação de 7 Ações obrigatórias do Eixo 4 e 3 Ações facultativas do Eixo 2, enquadradas nos termos da Portaria n.º 229/2018 de 14 de agosto, num total de 10 atividades concretizáveis ao longo de 36 meses, num custo total elegível aprovado de 601.426,19 euros.

CLDS 4G Aveiro

  • É um instrumento de intervenção social integrada e de proximidade, de promoção da auto-organização dos habitantes do território reduzindo o isolamento e a exclusão social.
  • Atuará na intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil, e no auxílio e intervenção emergencial às populações inseridas em territórios afetados por calamidades, na capacitação e desenvolvimento comunitário mobilizando para o efeito, a ação conjunta de diferentes agentes e recursos localmente disponíveis.

Este instrumento pretende atingir 4351 destinatários diretos (população residente – 4231 participantes; entidades – 120) no decorrer dos três anos.

Observações:

    • Site do projeto: http://clds4g.cspnsfatima.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.